Siga nos no Google+

Significados de palavras sobre o Skate #esporte #informação

Significados alfanuméricos:

100%: Cenporcento Skate Magazine, revista sobre skate.
180°:cento e oitenta (one-eighty) graus. Medida de rotação. Se usa para diferenciar algumas manobras.Ex:180° frontside flip.
360°:trezentos e sessenta (three-sixty) graus. Medida de rotação. Se usa para diferenciar as manobras.Ex:360° kickflip
360 FLIP: Manobra que o skate roda uma vez de FLIP combinado com um SHOVE-IT 360. Conhecido no Brasil com Kick Flip
411: Vídeo de skate bimestral (Importado)
3-6: (três-meia) - girar 360° graus
5-0: Pronuncia-se "five-oh". Grind com o truck na borda do obstáculo. Ex.: 5-0 Pivo Grind ,manobra em que o skate desliza somente no eixo de trás.
45 Caraia: Todow - Rampa reta de 30º até 45º serve para subir, mandar uma manobra e descer novamente.
50-50: Pronuncia-se "fifty-fifty" ou só fifty . Grind com os dois trucks na borda do obstáculo. Ex.: 50-50 grindou só fifty - Manobra que faz o skate deslizar com os dois eixos sobre um corrimão, caixote, banco etc.
540° : Rotação em 540 graus - Mc Twist
720° : Rotação em 720 graus - Mc Hawk

Significados geral

A:
A: Medida de dureza de rodas e amortecedores. Ex: 95A (- duro), 97A, 100A (+ duro).
Air: Quando o skate sai do chão sem o skatista dar ollie.
Amortecedor: Usam-se dois por truck. São feitos de borracha e tem a forma de donuts. Encaixam-se no parafuso principal (kingpin). Existem várias durezas.
Axle: É o eixo do truck. A barra de metal que fica dentro do truck. Onde se encaixa a rodinha. Com o tempo ele se desloca (slip).
Abeck: Marca de rolamento de Skate. Há várias tipos desse rolamento.AIR: Quando o skate sai do chão sem o skatista dar ollie.
Agace: Marca de peças e roupas de skate.
Andrecht: Manobra na qual se da um handplant segurando com a mão da frente no lado de trás do skate.
ABEC : Este nome é dado para medir a precisão dos rolamentos. Existem 4 tipos de ABEC: o ABEC 1, ABEC 3, ABEC 5, ABEC 7. O que muda de um para o outro é a precisão sendo o 1 o mais simples e o 7 o mais preciso.
Aéreo : Air (Aerial) - É a manobra no qual o skatista, com os 2 pés no skate segura o shape para decolar a partir de um half-pipe ou a partir de uma rampa.
Air Walk : Manobra que é executada segurando (ou não) o nose. Após a decolagem chuta-se o pé da frente para frente e o pé de trás para. É como se a pessoa estivesse caminhando no ar.
Alley-up : É quando é feita uma manobra em que o atleta, vira o corpo com o skate para um lado mas voa para o lado oposto.
AM (amador) : Categoria para campeonatos com subdivisões: Amador 1 e amador 2.
Amador 2 é o atleta que já acerta muitas manobras e tem muita base em andar de skate. Normalmente já tem experiências em campeonatos.
Amador 1 é o atleta que já é muito experiente em campeonatos. Acerta muitas e muitas manobras sem muitos erros. Os atletas que são da categoria amador 1 normalmente são fortes candidatos à passar para categoria profissional.
Amarelar : Desistir de mandar uma manobra. Ficar com medo. Pular fora do skate antes de completar a manobra



B:
Back flip :É um mortal para trás segurando o skate. Não confundir com backsideflip flip
Back side :(B/S) - Uma manobra é de back quando o atleta faz uma manobra virando o corpo e o skate (ou só o skate) em 180º (360 ou 540) sendo que logo após o inicio da manobra ele dá o ollie o corpo começa a virar dando as costas para o lado para onde estava indo.
Em grinds :Quando aproxima-se do obstáculo, a manobra a seguir será backside se o calcanhar estiver para o lado do obstáculo.
Segurando o skate será backside se segurar com a mão da frente pelo lado de trás do corpo (backside grab, melancollie, method, mosquito
Balada : Noitada, sair com os camaradas, sair para uma festa, curtição
Bearing :Rolamentos
Banks :Obstáculos com Campom (S B C )
Beni :Hama ou Beni-Hana- Utransições ou calombos, com parte vertical (ou não) sem formas lineares, podem ser em formatos de bumerangues, em formato de 8, existem também os tribanks.
Barley grind :Ollie 180 to switch smith grind. Donny Barley foi o primeiro a acertar.
Base :Parte debaixo dos trucks (baseplate). Quando uma pessoa acerta uma manobra e cai com os pés em cima dos parafusos que prende as bases, diz que foi "Na base". Quando alguém diz, "tal cara tem as bases" significa que a pessoa anda bem de skate.
Batida : Dar um 180 em uma rampa sem chegar na borda (Kick Turn)
Bazon : Mesmo que "na base". Todas as palavras com terminação "on" surgiram de São Bernado do Campo, inventadas por Glauco Exs: Glaucon, Bazon, ma manobra que logo após o ollie, o pé da frente empurra o skate para frente até ser possível tirar o pé de trás do skate e então com a mão o atleta pega o tail puxando o skate de volta, colocando assim o pé de volta.
Bico :Trouxa, mané, otário. Ex: "E aí bico, certo?"
Big Brother : Revista importada de skate do grupo Larry Flint
Bigspin :Manobra em que o skater e o skate giram pelo mesmo eixo de rotação, só que o skate gira 360º e o skater 180º
Blindside : Mandar uma manobra sendo que o atleta voa paralelamente dando as costas para onde irá aterrissar, não confundir com alley up nem backside (alley up e backside giram o skate e o corpo)
Blunt slide :Manobra em que o skate desliza com o tail mas com o truck encaixado na parte de cima do obstáculo deixando o lado oposto do skate apontando para o lado oposto do obstáculo. Quando for encaixado o nose será Nose bluntslide.
Board :Shape
Board slide : Manobra em que o skate passa por cima do obstáculo para depois encaixar com a parte do meio do shape e deslizar.Nos EUA, boardslide é o que chamamos de rockslide, ou seja, deslizar com a parte do meio do shape sem ter que passar por cima do obstáculo antes de encaixar. (Rail Slide)
Body Varial :Girar a posição do corpo enquanto o skate não gira
Bombando :"Mandando ver", "metendo bronca", "a milhão", "destruindo" "à vera"
Bone Less :Manobra das antigas. Consiste em retirar um (ou 2) pé do skate pegar o skate com as mãos e no alto voltar o pé aterrissando com os 2 em cima do skate.
Bonned ollie (boned) : Dar o ollie inclinando a parte da frente para baixo, como se fosse um Indy Nose bone, só que sem segurar o skate.
Borda : Tudo que possa encaixar o skate e deslizar. Curb, cantoneira, coping, edge etc.
Bowl :Rampa com vertical (ou não) em que a transição é construída fazendo uma circunferência 360 º (Imagine uma bacia ou uma bola cortada ao meio)
Burn Smith : Smith grind com 1 pé (ou smith one foot) Inventado por Bob Burnquist.
Burn Twist : Espécie de giro inventado por Bob Burnquist

C:
Cabalerial : Fakie ollie 360
Cabeção : Fominha
Cabuloso(a) : Que é muito difícil ou perigoso
Caixa 2 :Dinheiro arrecadado c/ a venda de materiais fornecidos pelos patrocinadores. O caixa 2 ocorre mais nos campeonatos profissionais.
Camisa 10 : Fominha
Capacete :Muito usado no Vertical (Helmet)
Carrinho :Skate
Carving : Pegar velocidade em um corner (transição em curva de bowl, banks ou capsule). Fazer uma curva bem rápida.
Casca ou casca grossa :Manobra difícil de ser executada.
Casper :É como se fosse dar um impossible, só que o skate roda pelo lado de dentro da perna. Pode ser 180 ou 360.
Casper Slide :Fazer o skate rodar metade de um flip, encaixar um dos pés na parte de trás e em cima (na lixa) e o outro pé no tail e na parte de baixo, fazendo o skate deslizar no chão ou em cima de uma plataforma. Manobra técnica e muito difícil de ser executada.
Catch :Pegar o skate com os pés após o skate ter flipado, mas enquanto o skate ainda está subindo.
CBSK : Confederação brasileira de skate
Certain Dead : Parar de Stall e descer de may day.
Champ :Campeonato de skate.
Channel : Canion- Parte que é usada para que pessoas possam dropar de um Half ou Bowl sem ter que encaixar o skate na borda
Christ Air : Quando estiver no ar, tirar o skate dos pés fazendo a posição de um crucifixo e logo após coloca-se o skate novamente nos pés.
Chiclé : Vídeo magazine de skate (nacional)
Chupeta :Pequena borracha cônica que serve para suavizar o atrito entre a parte de trás da trave do eixo e a base. (Pivot cup)
Concaive :(concave) Existem diversas inclinações nos shapes, são chamadas de concaives. Servem para facilitar a execução de manobras. Os concaives laterais servem para facilitar manobras de Flip. A inclinação no tail serve para facilitar o ollie.
Copping (coping) :Cano (normalmente de metal) que fica na borda de obstáculos, serve para fazer o skate deslizar e proteger a borda.
Corrimão: (hand rail) - Usado para deslizar com o skate. Podendo ser junto à rampas, escadas ou no chão (trilho)
Crocked Grind (crooked, Krooks, K-Grind) : Manobra em que se encaixa o eixo da frente em uma borda ou copping e desliza sem encostar o eixo de trás, apontando o tail para trás. Não confundir com Nose grind.
Crownd : Pista lotada.



D:
Dark slide : Deslizar com a parte de cima do shape (lixa) em um obstáculo. (Shape slide).
Demo : Abreviação de demonstração, normalmente feita por atletas profissionais, durante campeonatos amadores ou em turnês e road trips
Destruindo : Mandando bem, acertando todas manobras.
Disaster : Dar um ollie 180 e encaixar o meio do shape no copping de um quarter, mini-rampa, half ou bowl
Double : Andar de skate em dupla em um mesmo obstáculo.
Double deck : Shape que tem o tail e o nose exatamente iguais.
Downhill : Modalidade de skate em que o objetivo é descer ladeira na maior velocidade possível e fazendo manobras.
Dropar (drop-in): O ato de descer de uma plataforma para a transição. Descer uma ladeira.

E:
Embaçado :Pode Ter 2 significados. 1-Difícil de acertar, casca-grossa. 2-Sujeira, polícia na área
Encaretar :Desanimar. Ex: "Ontem saí para andar de skate e a chuva me encaretou."
Espaçador :Peças que servem para fazer com que os rolamentos girem juntos; com isso o skate anda mais rápido (spacer).
Estrelinha :Cara que se acha o tal, o melhor.
Extensão : Parte de uma mini rampa, half ou bowl que é mais alta do que toda a parte restante.

F:
 Fakie:Andar com os pés na posição normal, mas andando de costas. Fazer fakie é quando se está em uma mini rampa ou half e fica indo para trás e para frente sem chegar na borda.
Fast Plant ou foot plant :Depois de dar um ollie, tira-se o pé de trás pisando no chão ou em um obstáculo, retornando ao skate antes deste cair no chão.
Fazer um street :Andar de skate na rua.
Festinha Kids : Ver filme "Kids".
Feeble Grind :Um grind, em que o skate desliza com o eixo de trás encaixado e com o eixo da frente apontando para cima (ou para baixo se for em corrimão) e para o lado oposto de onde o skate entrou.
Flat - Parte reta (no chão) de uma mini rampa, half ou bowl.
Fingerboard :Skate de dedo.
Finger flip :Nesta manobra o skate é flipado com as mãos ao inves de ser com os pés.
Flip - Girar o skate, fazendo com que os trucks fiquem para cima e completem o giro retornando a apontar para baixo.
Foot flip : Chutar o skate para flipar depois de já estar no ar (pode ser com o pé da frente ou de trás).
Ex: Shove-it foot flip.
Freestyle : Modalidade quase extinta. O principal objetivo é mandar manobras sem por pé no chão em uma área plana.
Nos campeonatos de freestyle era também analisado a coreografia junto à música escolhida pelo atleta. O nome mais conhecido de freestyle no mundo era o acrobata Rodney Mullen. Nesta modalidade ainda tinha outras subcategorias como por exemplo campeonato de 360. Ganhava quem girasse 360 mais vezes.
Front flip : É um mortal para frente segurando o skate. Não confundir com frontside flip.
Front foot : Quando a manobra é executada sobre o pé da frente. Ex.: Front foot Impossible.
Frontside (F/S) : Quando o atleta faz uma manobra virando o corpo e o skate (ou só o skate) em 180º (360 ou 540) sendo que logo após o inicio da manobra ele dá o ollie e o corpo começa a virar de frente para o lado para onde estava indo.
Em grinds :Quando aproxima-se do obstáculo, a manobra a seguir será frontside se a o bico do pé estiver virado para o lado do obstáculo.
Fun Board : Skate maior que o tradicional e menor que o long board. Também para descer ladeiras.
Fun box : Obstáculo em que tem pelo menos uma rampa, uma mesa e uma parte para deslizar sendo corrimão ou mureta.

G:
Gambé : Policial.
Gap : Buraco, Intervalo entre uma plataforma e outra. Distância entre uma calçada e a outra.
Gás : Velocidade.
Gay twist : É um cabalerial segurando de mute.
Goofy : Uma pessoa é goofy quando anda com o pé direito na frente. Contrário de Regular.
Grab : Usar uma das mãos para segurar o skate.
Grabbers : Acessório ultrapassado. Ninguém mais usa. Servia para segurar melhor o skate em manobras de grab.
Grind : Qualquer manobra que deslizar com o eixo do skate.
Gralha : O mesmo que prego.

H: 
Half Cab:Qualquer manobra em que vem de fakie e gira o skate em pelo menos 180º.
Half Pipe , Half ou Vert - Rampa no formato de U que tenha pelo menos 2 metros de altura.
Hang UP : Quando é feita uma manobra em mini-rampa, half, ou bowl e no momento de voltar o eixo de trás agarra.. Em algumas vezes a pessoa volta a manobra, mas na maioria das vezes cai.
Hard flip : Um hardflip é quando o skate gira 180 como um frontside pop shove-it, mas flipa como um ollie flip.
Hard heel flip : Manobra que é uma mistura shove-it com heel flip. Nesta manobra os pés parecem que vão dar um nó (Inward heel flip).
Hardcore : Manobra difícil. Lugar perigoso. Estilo musical.
HC : Abreviação de Hardcore.
Heel flip : Manobra em que o flip é chutado com o calcanhar, chuta-se para frente.
Hip : Espaço entre uma rampa que tiverem uma das partes encostadas na outra fazendo um angulo de 90 graus para baixo. Hip também é as pontas que divide as duas bacias de um banks.
HoHo Plant : Plantar bananeira com o skate nos pés, esta manobra é executada após um Invert.

I: 
Impossible: Manobra em em que o skate gira sobre o pé de trás. Quando roda no pé da frente é chamado de Front foot impossible.
Indy grab : Quando segura o skate com a mão de trás pelo lado da frente.
Indy Nosebone : Mesmo que Indy grab, porém no nosebone, enverga-se o corpo esticando a perna da frente e encolhendo a perna de trás.
Invert : (hand plant) Manobra em que basicamente, planta-se uma bananeira com uma mão e a outra segura o skate. Existem diversas variações, como por exemplo o sadplant, o egg plant, o hoho plant (com as duas mãos no chão ou na borda).

J: 
 Japan air : Manobra em que o skate é segurado de mute e contorce os dois joelhos para frente.
Judo : Quando segura o skate com a mão da frente por trás e tira o pé da frente do skate, voltando logo em seguida.
Jump Ramp : Rampa que é colocada no chão para decolar com o skate. Pode ser reta ou com curva.
K:
Kick Flip 360 flip : Nos EUA, Kick Flip é o que chamamos de Flip.
Koston Grind : Crocked one foot.

L: 
 Late : Quando uma manobra é executada após outra. EX Ollie late shove-it ou Shove-it late flip.
Lay back : Manobra de downhill em que desliza de slide inclinando o corpo para trás e colocando levemente uma das mãos no chão para equilibrar.
Lien Air : Manobra em que segura o skate de backside, pelo lado de trás, mas o corpo e o skate viram de frontside. Esta manobra foi inventada por Neil Blender, como o skate vai ao contrário do que deveria ir ele colocou seu nome de trás para frente como nome da manobra.
Linha ou Fazer linha : Seqüência de manobras executadas uma após a outra, geralmente em campeonatos.
Lipslide : O mesmo que boardslide.
Lixa : (Grip tape) É colada na parte de cima do shape para maior aderência.
Local : O skatista é Local em uma pista quando ele mora perto ou sempre anda naquele lugar.
Lombado : Cansado.
Long Board : Skate com shape maior que o tradicional, eixos mais largos e rodas maiores. Serve para descer ladeiras.
M:
Madeira : Shape.
Madonna : Manobra em que segura o skate com a mão da frente na parte de trás do skate, tira o pé da frente e encaixa o tail na borda.
Manobreiro : Cara que manda muitas manobras técnicas. Cara que manda combinações de manobras de flip por exemplo: Rodrigo Teixeira, César Gordo, Daewon Song e Rodney Mullen.
Manual : Manobra em que o skate anda somente nas rodas de trás, sem encostar o Tail no chão. Antigamente conhecida como Tail Wheelie.
Maria rolamento : Menina que roda na mão de vários skatistas.
Maria shapinho : Menina que tá sempre no pé de vários skatistas.
May Day : (One truck to fakie) Encaixa-se o eixo de trás no cano de um quarter, mini rampa ou half e retorna à transição de fakie.
Melon ou Melancollie : Segurar o skate no ar com a mão da frente e por trás do corpo ao mesmo tempo que encolhe a perna de trás e estica a perna da frente, envergando o corpo (meloncholie, meloncollie).
Mini Ramp ou Mini Rampa : Similar ao Half Pipe, só que sem vertical e com altura entre 1 e 2 metros.
Micro ramp : Similar a mini rampa só que com altura menor que 1 metro.
mm - milímetros : medida usada para medir o diâmetro das rodas.
Molinha : Dar um ollie sem bater o tail bater no chão.
Mauntain Board : Skate para andar na terra, em pedras e terrenos irregulares. O Mountain Board tem rodas tipo as de velocípede e um guidon que pode ser retirado e um suporte para prender os pés.
Mute Air : Manobra em que o skate é segurado com a mão da frente na parte da frente do corpo.

N:
New School : Que está começando a andar de skate, ou anda há pouco tempo.
No comply : Manobra das antigas, em que tira-se o pé da frente do skate colocando-o brevemente no chão e fazendo o skate girar de alguma maneira, de 180, de shove-it etc.
No Gá : No gás. Estilo inventado por Taroba Man.
Exs: Mandou dimá (mandou demais). Andou no gá (Andou no gás). Um abrá (Um abraço).
Nollie : Um ollie que é dado com o pé da frente fazendo o skate ir para frente.
Nose : Parte da frente de um shape, bico.
Nose Bump : Bater as rodas da frente em um obstáculos (como se fosse um Nose Manual) de maneira bem breve e rápida.
Nose Grind : Grind com o truck da frente em que a parte da trás do skate fica apontada para o lado de cima do obstáculo.
Nose manual : Manobra em que o skate anda somente nas rodas da frente sem encostar as de trás no chão. Antigamente foi conhecido com Nose Wheelie e G-Turn .
Nose Pick : Um stall com o eixo da frente.
Nose Slide : Um slide com o nose encaixado.

O: 
 Old school : Skatista há muitos anos. Skatista de responsa. Manobra velha ou ultrapassada.
Ollie : Manobra mais básica do skate. O Ollie é executado da seguinte maneira, a pessoa abaixa um pouco sobre o skate para pegar impulsão, bate o tail no chão, no momento em que bate o tail, curva-se o pé da frente, puxando o skate para frente, dando impulsão e aliviando em seguida o pé de trás. Fazendo o skate subir e em seguida voltar ao chão nas 4 rodas
Ollie Natas : Ollie one foot.
Ollie Pad : Parte do tênis que foi desenhada exclusivamente para fazer com que os calçados tenham maior durabilidade contra rasgos e estragos por causa da lixa do skate.
One foot : Quando tira um dos pés de cima do skate.
One truck : Equilibrar o skate pelo eixo de trás em um copping ou borda.
Over the : Passando por cima de algum obstáculo. Usado da seguintes maneiras: Over the Gap, Over the hip e Over the channel.

P: 
Patrô: Patrocínio.
Parafuso de base : Usados para segurar os trucks no shape.
Parafuso central : Usados para sustentar o molejo dos eixos junto aos amortecedores e arruelas. Serve também para unir a base do truck com a trave.
Pads : (Riser Pads) Elevador. Serve para deixar os trucks mais altos.
Pico : Qualquer lugar que tenha alguma coisa que possa ser usado como obstáculo para skate.
Pirâmide : Obstáculo que tenha uma mesa e pelo menos 3 lados.
Pistoleiro : Que só anda em skatepark (pistas).
Pivot grind : Grind em que o skate desliza brevemente com o eixo de trás.
Plataforma : Parte reta e elevada. A parte em que o skatistas ficam antes de dropar é uma plataforma.
Pop shove-it : Manobra em que o skate gira 180º debaixo dos pés da pessoa sendo que a pessoa não gira. Podendo ser de frontside, girando o skate para trás do corpo e de backside , girando o skate para frente do corpo.
Poser : Que faz "panca", finge ser skatista, ou só carrega o skate debaixo do braço, ou vive com skate debaixo da bunda.
Prego : Cara que só cai. Que não anda nada.
Pro : Profissional.
Pró : Prosa ruim.

Q:  
Quarter ou quarter pipe : Metade de um Half ou Mini rampa.
R: Regular : Uma pessoa é Regular quando anda com o pé esquerdo na frente.
Reverse : Uma manobra é reverse quando é feita e depois desfeita.
Ex: No Flip reverse o skate gira uma vez e depois com o pé puxa para girar para o outro lado antes de cair no chão.
Reverse também é quando entra em um obstáculo manda uma manobra e sai de 180º
Remar : Pegar velocidade, empurrando o skate com o pé no chão.
Roast beef : Pegar o skate com a mão de trás (ou da frente) pelo meio das pernas o lado de trás do skate.
Rodas : Fabricadas em poliuretano (tech polimer). São vendidas o jogo com 4.
Rocket Air : Quando estiver no ar colocar os 2 pés no tail do skate, segurar o nose com as duas mãos e levantar o skate deixando o mais em pé possível.
Rock and roll : Encaixar o meio do skate na borda de um quarter, mini rampa, half etc e voltar para a transição.
Rolamento : (bearing) Peça de metal normalmente blindada, serve para colocar dentro das rodas.
Roll-in : Dropar de um quarter, mini rampa ou half, vindo da plataforma sem parar na borda. O roll-in é feito de forma suave.

S: 
Salad Grind ou Salada : Entrar de um lado de um corrimão ou (caixote) com o truck de trás encaixado e o nose apontado para o lado oposto de onde entrou. Não confundir com 5-0 grind.
Sangue no zóio : Manobra que impressiona.
Saussage Grind : Dar um smith segurando o Tail.
Se liga na fita : Preste atenção.
Session ou Sessão : Andar de skate em um pico por certo tempo. Normalmente uma session tem vários caras.
Sex change : Dar um Body Varial enquanto é feito outra manobra.
Shape (Deck) : Madeira para o skate. Normalmente com 7 camadas de compensado de marfim (os nacionais) e de Pinho Canadense ou maple (os importados).
Shift (ollie shift) : Uma manobra é shift quando ao dar o ollie o skate fica 90º e depois retorna a posição normal. Em todas as manobras de shift o skate vai bem alto.
Slap : Revista de skate (Importada).
Silly Society : Vídeo produzido por Cristiano Matheus.
Sinistro : Perigoso, legal, cabuloso.
Sk8 : Skate .
Skateboard : Skate.
Skateboarder : Atleta que pratica skate. Obs: Não existe "Skatismo".
Skate Park : Área construída especificamente para a prática do skate. Podendo Ter vários obstáculos de street e (ou) vert.
Skate Rock : Categoria musical em que os integrantes da banda andam de skate.
SKT : Skate.
Slide : Qualquer manobra que o skate deslize, podendo deslizar por qualquer parte do skate.
Slob : Dar um frontside ollie segurando de mute.
Smith Grind : Um grind, em que o skate desliza com o eixo de trás com o eixo da frente apontando para baixo e para o lado de onde o skate entrou.
Spine : Obstáculos em que duas rampas ficam de costas uma para a outra, podendo ser rampas retas ou quarters (vulcão).
Stale Fish :Segurar o skate com sua mão de trás por trás da perna de trás.
Stall : Parar o skate com se fosse dar um 50-50, mas sem deslizar.
Street : Modalidade de skate que as competições são realizadas em lugar plano e com diversos obstáculos.
Streeteiro : Que gosta muito de andar na rua.
Susto : Manobra de downhill inventada por Sergio Yuppie. Vindo de fakie segura o skate de back, puxa deslizando no asfalto de tailslide, logo em seguide puxa-se o skate em um jump e retorna ao chão rodando com as mãos no chão de 360/720 ou 540.
Switchstance ou switch : Andar na base trocada. Por exemplo se a pessoa é Regular, ela estará de switchstance se estiver com o pé direito na frente e uma pessoa que é Goofy estará de switch se estiver com o pé esquerdo na frente.

T: 
 Tail : Parte de trás do skate. Atualmente ligeiramente menor que o nose.
Tailslide : Deslizar com o tail em cima de um obstáculo.
Tail Grab : Segurar o tail.
Tech Deck : Skate de dedo.
Transfer : Quando através de uma manobra o skatista passa de uma área para outra, por exemplo de uma rampa para outra.
É possível que o transfer seja executado em um corrimão ou mureta, por exemplo se o skatista passar por cima do corrimão e depois encaixar de tailslide, será um transfer tailslide. Não confundir com bluntslide.
Thrasher : Publicação de skate (importada).
Transição : Tudo que não estiver na horizontal ou na vertical será uma transição, podendo ser em curva ou reta.
Trave : Parte de cima dos trucks.
Tribo : Publicação nacional de skate.
Trick : Manobras feitas no skate.
Triqueiro : Mesmo que manobreiro.
Truck : Eixo do skate, preso ao shape para sustentar as rodas.

V: 
Varial : Quando o skate roda 180 (ou 360) debaixo do corpo.
Vary Varial : Manobra em que o skate roda 360 e logo em seguida o skater pega o skate e coloca-o novamente debaixo dos pés.
Vela : (Wax, cera, parafina) Usada para passar em bordas para que o skate deslize mais.
Velô : Velocidade.
Verminho : New school que sempre atrapalha os outros andarem.
Vertical : Vert- Modalidade que necessita uma pista própria para ser praticada. Podendo ser em formato de U (half) e em Bowl.

W: 
Wallie : Dar um ollie em uma parede vertical.
Wall ride : Subir em uma parede e depois voltar ao chão.
Wrist Guard : Equipamento de proteção usado para não virar o pulso. 

Fonte: 
maresiasradical.blogspot.com






Veja também: