Nosso espírito saí do corpo quando dormimos #confira

No estado de sono profundo sim, a alma percorre outros caminhos.
Para o cérebro não faz diferença se é sonho ou realidade. Por isso as recordações das experiências que registramos dormindo são tão vivas. 

Se analisarmos as ondas cerebrais provocadas pelo sonho, veremos que suas características são semelhantes às dos momentos de vigília. 
Às vezes, porém, sua intensidade é tanta que para evitar uma reação que nos torne capazes de desferir um soco num inimigo hipotético, no exato instante em que começamos a sonhar, o tronco cerebral é desligado a fim de impedir que os neurônios conduzam estímulos motores. Dessa forma, na fase onírica, a atividade cerebral é máxima e a motora é mínima. Com exceção dos olhos, que se movimentam com rapidez, praticamente ficamos imóveis. Isso ocorre durante o sono REM (Rapid Eyes Movement). Se despertarmos nesse período, é provável que nos recordemos com detalhes do sonho que estávamos tendo.

Sabendo disso, podemos perceber o poder da oração antes de repousarmos!



Todos os mamíferos sonham.
Espiritualmente as ligações entre o corpo e o espírito humano se afrouxam permitindo experiências do espírito fora do corpo físico. 

 

Postagens mais visitadas deste blog

Grupo Whatsapp para divulgar seu canal YouTube GP03 #acesse

Grupo Whatsapp para divulgar seu canal YouTube GP02 #QuaseLotado #acesse