. Descobrindo Vida: Prazer e sexo não era para existir na humanidade #pecado #confira

Busca Google

terça-feira, 1 de maio de 2018

Prazer e sexo não era para existir na humanidade #pecado #confira

O sexo não é patrimônio exclusivo da humanidade terrestre, é tesouro Divino em todos os mundos no Universo infinito. 
Permanece nas mãos das criaturas humanas, que ainda estão distantes da compreensão e vivência das Leis Divinas, num quadro triste de ignorância, perversão e desequilíbrio.
O sexo na existência humana pode ser um dos instrumentos do amor, sem que o amor seja sexo.
O instinto sexual é força poderosa de atração, unindo os corpos físicos, reencontrando as almas, para resgates de débitos, dirigindo os homens para conquistas e objetivos da Lei Suprema: 

O amor, a felicidade e a harmonia. 
Mesmo com a pobreza de valores íntimos, caminha o homem, embora lentamente, para o objetivo maior do Criador que é o progresso e a perfeição. Não podemos confundir sexo e amor, pois, enquanto o sexo é força instintiva ou inconsciente, o amor é energia consciente e espontânea, todavia sexo sem amor é pobre e pequeno, quando não promiscuo.
O homem em experiências afetivas, costuma confundir energia instintiva sexual como sendo "Amor", que tem promovido quase todas as uniões de homens e mulheres na terra.
Observamos, constantemente, muitos lares desabados, porque só tinha energia instintiva sexual e nenhum "Amor". O amor na terra é ainda uma aspiração da eternidade, encravada no egoísmo, nos interesses, na ilusão e na fome de prazeres que fantasiamos como sendo a Celeste Virtude.
Desejo e sentimento de posse não significa "Amor". 

O pecado da satisfação do nosso Ego impera no mundo todo.
E todas as criaturas fazem disso uma ponte entre o egoísmo que denominam de "Amor" até a despersonalização de seu semelhante, para que possam dominar e manipular as mentes e destinos, sem notarem que também são manipulados por um sistema maior e inacessível a realidade humana. 


Finalizando: 
Sabendo disso podemos perceber a importância de preservar-se!

 

YouTube