Moto Viúva Negra #imagens #história #confira

Por que do nome Viúva Negra? Entenda a história começa por meados de 1972... 
A lendária Viúva Negra acabará de sair nos papéis (desenhos). 

A primeira RD350 foi lançada em 1973 e em suas primeiras versões dos anos 70, possuía enormes freios a tambor e disco simples na dianteira, itens extremamente ineficientes para frear uma moto que atingia velocidades de 180 km/h facilmente. Ou seja, para pegar velocidade com ela era fácil, difícil era de conseguir fazer parar!

Foi a 1º moto a utilizar a famosa válvula YPVS.
O que é isso?
Uma válvula de Potência desenvolvida pela Yamaha que possuía a finalidade de tornar estável a curva de aceleração do motor, usando-se meios elétricos e mecânicos para fazê-lo.
Tal controle proporciona uma aceleração mais precisa, limitando a potência do motor na baixa rotação e liberando toda a potência do motor na alta rotação.
Assim, o torque da moto em baixa rotação era quase nulo, contrastando com o surto de potência que o YPVS despejava a partir de 5.500 rpm(o conhecido 2º estágio).
Esse sistema foi tão engenhoso que acabou sendo implantado pelas demais marcas, porém com nomes diferentes, e algumas sutis alterações.
Também foi a moto pioneira no mundo no uso do quadro de berço-duplo e suspensão traseira mono-amortecida de série.
A moto ganhou com o passar dos tempos Ignição Eletrônica (CDI),e também refrigeração liquida.
Em suma: Passou por 2 décadas de reinvenção até atingir o seu estado mais evoluído.

Com 2 carburadores, o motor do tipo 2 tempos da Rd produz 55 Cv com uma velocidade final de 199 km/h!(isso com um motor de apenas 350 cilindradas).
aceleração de 0 á 100 km/h em 6 segundos,e consumo médio em cidade: 13 km/l. 

Em suas versões mais atuais vinha equipada com 3 freios à disco, e rodas de alumínio.
Ela foi uma moto muito superior para sua época.Possuía um motor muito potente para o conjunto. Quadro, freios, suspensão, nada disso acompanhava o motor e exigia do piloto muito mais atenção e habilidade.
Eterna rival da Honda Cbx750F (moto 4 tempos da época), não era difícil acontecerem disputas para ver quem era a mais rápida. Porém, dada a facilidade do motor 2T em se extrair potência, as RD 350 "envenenadas" acabavam por vencer a grande maioria das disputas.Além disso as Rds possuíam um preço bem menor se comparadas ás Cbxs.
A vantagem da Yamaha ficava ainda maior com o emprego de escapamentos dimensionados, que traziam maior potência, mas jogavam o torque máximo para um regime ainda mais alto.
O ruído estridente do motor em aceleração total ainda deve estar na memória de muitos aficionados. Mas, possuía limitações dos freios, suspensão e (não raro) de habilidade do piloto para tanto desempenho.
Hoje, mais do que um símbolo de desempenho e evolução, a RD 350 é um mito e uma raridade. Muitos sonham em ter esta moto apenas para ter a lembrança de sua adolescência materializada. Com certeza marcou uma geração e toda uma história. 



Veja aqui abaixo algumas imagens das motos conhecidas como Viúva Negra

RD 350 do Ano 1972
RD 350 do Ano 2018

Xdo Ano 2018
   

Veja também: 

Motos #top #imagens #atualidade

Postagens mais visitadas deste blog

Grupo Whatsapp para divulgar seu canal YouTube GP03 #acesse

Grupo Whatsapp para divulgar seu canal YouTube GP02 #QuaseLotado #acesse